Startups no setor de turismo

 Em Marketing, Tecnologia

melhores cursos.fw

A definição do termo Startup, a princípio é qualquer pequena empresa que está no começo, porém seu real significado divide opiniões: uns dizem que é uma empresa que tem baixos custos de investimento e alto potencial de crescimento, e definições modernas que dizem que uma startup é um grupo de pessoas à procura de um modelo de negócios repetível e escalável, trabalhando em condições de incertezas. No post de hoje listarei as vantagens e os riscos de abrir uma startup no setor de turismo. Confira!

Principais desafios

Criar uma startup no ramo de viagens é uma ótima oportunidade, e ao mesmo tempo um grande desafio. Um dos maiores exemplos que deu certo é o Hotel Urbano, que em pouquíssimos anos se tornou uma grande máquina de vendas.

Mercado online de turismo

Entre os desafios está o grande Oceano Vermelho Online, onde todas as startups brigam por um bom posicionamento nos mecanismos de busca do Google. Imaginando que, obviamente o seu negócio seja online, seria preciso de uma boa estratégia de SEO para bater a concorrência e sair à frente.

Fora isso, aqui no Brasil nem sempre a cópia de um modelo americano pode dar certo, pois vivemos em um mercado instável e imaturo para gerar grandes volumes de vendas. Uma solução para isso é medir todas as suas chances de tempo/ dedicação para colocar tudo em prática e validar o seu negócio.

Investimento

O processo para conseguir investimento de terceiros é um tanto burocrático – mesmo assim, muitas pessoas ainda acreditam que é a melhor saída. Aqui no Brasil é no mínimo 6 meses para conseguir um aporte acima de um milhão de reais. A recomendação é que você não dependa exclusivamente de um investimento de fora para dar andamento aos seus negócios, como fez a Voopter, ou opte por ter investimento de empresários ou empresas que já são consolidadas no mercado.

OPORTUNIDADES

Aceleradoras e incubadoras

Funciona como uma maneira de fazer o modelo de negócio de uma startup crescer. Nestes locais, os proprietários do negócio recebem investimento para que tudo dê certo. É importante lembrar que as aceleradoras pedem de 10% a 20% do seu negócio, e esse valor lá na frente pode fazer diferença no seu caixa. Além disso  é preciso um certo cuidado para escolher uma de confiança, converse com quem já entrou nesse tipo de parceria, e também verifique o histórico da empresa.

Mobile

Aqui no blog da Envision já falamos da importância de investir em mobile, lembrando que esse tipo de acesso já domina 25% das viagens feitas online. Sabendo disso, vemos uma grande oportunidade de crescimento de sua startup de turismo investindo em aplicativos, sites responsivos e etc.

Em breve, aqui na Envision lançaremos um produto de prateleira para fazer o seu negócio de viagens alavancar suas vendas. Logo chegaremos com mais informações! Se você já começou um negócio online de turismo, vá com tudo! Precisamos muito de inovação aqui no Brasil.

E aí, gostou do artigo? Qualquer dúvida ou sugestão, estamos à disposição Até a próxima! :)

Samanta Fonseca
Formada em Publicidade e Propaganda, trabalha na Envision Tecnologia com marketing de conteúdo relacionado à turismo e negócios. Acredita no poder das pessoas e na arte da comunicação como ferramenta de transformação.
Artigos recomendados

Deixe um comentário