Place branding – saiba o que é e como o estudo pode ajudar no crescimento de sua empresa de viagens

 Em Agência de Viagens, Marketing

14_9 II

Place Branding, para quem ainda não conhece o termo, é uma área recente do marketing que busca a construção e a divulgação de diversos locais como marcas – podendo ser de pequenas regiões até mesmo países. Os mecanismos do branding são elementos essenciais a serviço da concorrência entre esses locais. O post de hoje vai mostrar como fazer dos seus destinos de venda verdadeiras marcas em sua empresa de turismo. Boa leitura:

Entendendo o Place Branding

Trocando em miúdos, no Place Branding, as localidades são como empresas, e o branding nesse caso age na construção e gerenciamento da marca e da imagem, de forma a atrair investimento externo, turistas, conseguir visibilidade, eventos internacionais, etc, como é o exemplo das Olimpíadas, Copa do Mundo, e etc. Um belo exemplo de Place Branding é a entrada de cidades como Singapura e Valência no circuito mundial.

Como fazer o gerenciamento das minhas “Marcas de turismo”?

Esse processo de gestão serve para conhecer os atributos que determinam o sucesso de uma localidade e a faz ser bem vista pelos turistas. Valor agregado é uma das características mais importantes que os lugares precisam para fazer crescer sua visibilidade. O valor agregado trata-se dos aspectos intangíveis dos locais, como cultura, história, costumes, etc. Saiba trabalhar isso e o seu destino será, sem dúvida, um sucesso. O que define se o seu destino será um sucesso de vendas são as experiências que as pessoas desfrutam quando estão lá.

 

Qual o verdadeiro sentido do Place Branding?

Mais do que fazer com que as empresas de viagens valorizem os locais que vendem, o conceito surgiu para inspirar os nativos de seus países a valorizarem seus locais de origens, e no Brasil, instigar a “brasilidade”, criar um senso de identidade e pertencimento, que são mecanismos essenciais na construção de uma marca, vindo de dentro pra fora. Para que isso seja feito, é preciso uma gama enorme de foco, esforço e principalmente tempo, no desenvolvimento de uma ‘marca-país’, afinal, para que um país seja visto como um lugar bom para morar e visitar, seus nativos precisam primeiro acreditar nele.

Aplicando o place branding em minhas vendas

Partindo do princípio que comentamos no tópico acima, que para que determinado local seja bem visto, é preciso acreditar nele, o que há de ser feito aqui é conhecer cada centímetro do destino que você está vendendo – quem costuma frequentar, locais mais visitados, principais problemas da cidade ou região, principais atrativos, e etc. Procure saber as melhores experiências que os turistas viveram por ali (e divulgue-as, afinal, experiência aqui é a chave do negócio), porque as tiveram e busque depoimentos de quem visitou e pretende voltar. Se você souber trabalhar esses atributos, seus pacotes de viagens terão muito mais procura.

E você, acredita nos produtos/regiões que vende? Já tinha ouvido falar no Place Branding? Deixe suas dúvidas e sugestões nos comentários!

Artigos recomendados

Deixe um comentário