Como evitar o esgotamento mental em seu expediente

 Em Marketing

Você já teve que lidar com esgotamento mental em seu trabalho? No artigo de hoje vamos falar um pouco sobre esse mal que atinge tantos funcionários e gestores, além de claro, saber como evitá-lo!

Como identificar o esgotamento mental?

A chamada  síndrome de burnout- o distúrbio que causa esgotamento mental atinge inúmeros profissionais diariamente, diretamente associado a altos níveis de estresse. Mas como diferenciá-lo de simplesmente cansaço?

Por muitas vezes apresentar sintomas “comuns” no início, esse transtorno pode demorar um certo tempo até ser descoberto. Os sintomas iniciais são dor de cabeça, enxaqueca e cansaço, evoluindo para sudorese, palpitação, pressão alta, insônia e problemas gastrointestinais. Além disso, ausências no trabalho, mudanças bruscas de humor, agressividade e ansiedade são exemplos de comportamento de uma pessoa afetada por esgotamento mental.

Com base no artigo de Freudenberger com Gail North publicado na Scientific American, alguns estágios da doença apresentam a necessidade de aprovação, ignorando o valor a necessidades pessoais e deixar família e amigos de lado, focando apenas no trabalho, além de mudanças no comportamento e na personalidade.

Como evitá-lo?

A principal causa do esgotamento mental é a sobrecarga no trabalho, gerando uma grande carga de estresse no colaborador, além do mau relacionamento entre a equipe. Para evitar que ocorra com seus funcionários, monitore as necessidades de seus colaboradores, além de reconhecê-los e se preocupar com sua saúde mental. Além disso, incentive a meditação, alimentação saudável e a prática de atividades físicas.

 

Por hoje vou ficando por aqui!
Deixe sua opinião nos comentários!
Abraços e até a próxima. :)

 

Fonte: https://blog.runrun.it/esgotamento-mental/

Ana Karoline Sousa
Formanda em Publicidade e Propaganda, atua na área de marketing relacionado a turismo. Apaixonada por música, gatos e nerdices, acredita no poder da comunicação e da inovação.
Artigos recomendados

Deixe um comentário